Como ser promovido para uma vaga que não existe

O impossível é quase sempre, algo que nunca se tentou!

Então para você que acha ridículo a ideia de ser promovido para uma vaga que não existe olhos bem abertos para captar mais uma oportunidade de crescer na sua carreira.

Há 5 anos atrás eu trabalhava em uma empresa no cargo de Assistente Junior, minha função era basicamente ser o braço direito do coordenador, não era uma função de secretária, mas eu tinha o dever de identificar pontos de melhoria na gestão dele e pensar em soluções para que isso se resolvesse, meu trabalho era 100% conectado com a gestão dele e em função de que ela pudesse encontrar oportunidades de atingir a excelência, mas os tempos eram difíceis e antes que qualquer coisa pudesse  gerar resultado ele foi desligado do quadro da empresa.

Perdi meu chão, eu era um braço direito sem corpo agora, não havia ninguém para quem eu pudesse exercer minha função, considerando que o cargo ficou vago por quase 3 meses!

Na primeira semana eu fiquei completamente perdida, ninguém me perguntava o que eu fazia por ali, na verdade pareciam nem se importar muito se eu fazia ou deixava de fazer algo.

Mas espera aí? Será que eu era um braço direito sem corpo ou será que eu estava me vinculando ao corpo errado? Comecei a trabalhar meu Mindset e traçar uma estratégia mental para me motivar a me sobressair naquela situação.

No fim das contas saquei o mais óbvio que se poderia imaginar, minha função não tinha nada a ver com aquele cargo específico, eu estava ali para contribuir para a empresa como um todo. Finalmente vasculhei todos os meus esboços de melhoria até ali e escolhi aquela área que se apresentava mais defasada e que possuía mais potencial de resultado. Escolhi me dedicar a tudo que fosse relacionado a Custos.

 

Não havia ninguém cuidando disso e era o ponto mais frágil da área em que eu atuava, no inicio não dei muita bandeira, montei todos os pontos de defasagem em custos, pedi ajuda ao pessoal da controladoria com as informações sobre o que precisava ser melhorado e com toda humildade disse a eles, eu quero muito melhorar isso, mas não entendo nada de custos, vocês podem me explicar como funciona? Levei muitas broncas e todas elas me fizeram crescer! Agradeço muito pela oportunidade que o pessoal da controladoria me deu, gastando o tempo precioso deles comigo para me dar cada uma daquelas broncas, me ensinando como fazer as coisas da maneira correta.

Menos de 1 mês depois, eu já tinha algo para mostrar, eu já sabia o que precisava ser melhorado e já sabia algumas coisas a respeito, ainda muito pouco para a missão que era gigante, mas com muita coragem e uma boa dose de cara de pau comecei a mostrar meu trabalho para os demais coordenadores e para o gerente da área. Eles sabiam que eu não entendia de custos, mas sentiram o meu interesse e o meu comprometimento.

Foi assim que comecei a assumir a área de custos da minha área, e 1 ano  meio depois consegui uma promoção para Analista, sendo nomeada responsável por tudo que estava ligado ao custo da área, detalhe, não só da empresa que eu estava, mas também da outra empresa que compunha aquele polo produtivo. Ah, detalhe, até então, aquele cargo não existia e depois disso todas as outras áreas começaram a investir em pessoas específicas que cuidassem do custo de seus setores.

E foi assim que uma historiadora que resolveu se aventurar pelo mundo corporativo conseguiu ser promovida para um cargo que não existia, em uma área completamente diferente da área de formação, isso se vocês acharem que História e Manutenção Automotiva são bem diferentes.

Concluindo: Não existe fim da linha, você pode e deve sempre se reinventar, enxergar oportunidades e criar seu caminho, não é porque um cargo não existe que ele não possa existir no futuro, não é porque tem alguém onde você deseja chegar que novas portas não possam se abrir!
Abra sua mente, fortaleça seu Mindset de Crescimento e o sucesso será uma questão de tempo+esforço+dedicação!

 

Dalila Ribeiro

contador gratuito