05 características que você vai precisar para crescer na carreira em 2017

Em pleno século XXI, na era da informação e do fácil acesso ao conhecimento técnico esse quesito já não se mostra mais suficiente para fazer um profissional crescer na carreira e se destacar no mercado. Isso porque o mercado de trabalho atualmente está inundado de profissionais graduados, pós-graduados e até mestrados que infelizmente são demitidos de seus empregos por questões relacionadas ao comportamento.

Uma pesquisa realizada pela Catho já no ao de 2012 com mais de 12mil profissionais, demonstrou que entre as cinco primeiras razões de demissões nas empresas três (pasmem) estão relacionadas à personalidade. Despontando motivos como mal relacionamento com a equipe, falta de dinamismo e inaptidão para a liderança.

Se analisarmos de maneira mais aprofundada percebemos que todos os motivos relacionados à personalidade têm direta ou indiretamente uma relação com a falta de inteligência emocional. Logo diante dessa e de várias outras pesquisas mais recentes, fica evidente que o conhecimento técnico por si só já não é capaz de garantir um bom posicionamento profissional no mercado, sendo que para se destacar e crescer é necessário desenvolver-se em questões relacionadas a inteligência emocional, tendo em vista que ela pode proporcionar uma melhoria significativa em diversas áreas como:

  1. Resiliência: Conseguir trabalhar em ambientes de pressão sem perder o controle emocional e sem comprometer a saúde;
  2. Comunicação: Conseguir se expressar melhor e de forma mais positiva e modo a ser um profissional firme em suas decisões, mas ainda assim cativante, bem como desenvolver uma boa rede de network;
  3. Flexibilidade: Saber negociar e ser flexível e analítico na hora de lidar com situações que você pode não concordar plenamente;
  4. Dinamismo: Lidar melhor com as mudanças que ocorrem à sua volta e também conseguir empreender mudanças no próprio comportamento e na própria carreira sem se deixar abater pelos medos e ansiedades que elas podem causar;
  5. Manter o foco no autodesenvolvimento: Ter a consciência e desencadear atitudes voltadas para a melhoria contínua de si mesmo, buscando equilíbrio entre desenvolvimento técnico e pessoal, considerando sempre que eles se complementam e são igualmente importantes para a sua carreira. Nesse ponto é onde você se mantém também alerta ao seu comportamento e às suas atitudes, se propondo a aceitar e aprender com os próprios erros e se tornando uma pessoa mais evoluída a cada dia.

Essas cinco características além de melhorar as suas chances de crescimento na companhia vão fazer de você uma pessoa mais propensa a atingir a realização profissional de forma sustentável e com qualidade de vida.

Por Dalila Ribeiro